CUT PI > LISTAR NOTÍCIAS > AGÊNCIA DE NOTÍCIAS > GREVE DOS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO CONTINUA FIRME, SEM PROPOSTA A FAVOR DA CATEGORIA, A LUTA CONTINUA.

Greve dos Trabalhadores da Educação continua firme, sem proposta a favor da categoria, a Luta continua.

05/07/2018

Por uma educação de qualidade!

Escrito por: Socorro Silva/Ascom/CUT-PI

Os Trabalhadores (a) da Educação, coordenados pelo SINTE-PI, com o apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT-PI), mostram o quanto é importante a determinação em defender os seus direitos. Durante manifestação na quarta(4), em frente ao Palácio de Karnak, à categoria, mais uma vez fez valer o eco de suas vozes, clamando por respeito, e o cumprimento do acordo judicial firmado entre o Governo do Estado e o SINTE-PI.

A greve completa 28 dias, a categoria demonstra a preocupação eminente com o curso que está seguindo a greve, tendo em vista que além dos trabalhadores passarem por um desgaste, o ano letivo está comprometido devido a um impasse do governo do estado Wellington Dias não demonstrar nenhuma preocupação com a realidade, e sim apenas com a sua candidatura a reeleição, fato que foi destacado durante audiência realizada na quarta(4), com representantes do governo, do SINTE-PI, CUT-PI, e trabalhadores(a) da educação.

São direitos trabalhistas que estão sendo usurpados a olho nu, que geram a insatisfação daqueles(a) que se dedicam a ensinar, e que estão sendo privados(a) de exercerem a sua função com qualidade, pois quando ha a falta de recursos necessários para manter a qualidade de vida, surge também as dificuldades, o que acaba gerando o desânimo.

Os trabalhadores contam também com o apoio de várias categorias, movimentos sociais, e dos estudantes, esses últimos os mais prejudicados, e que reconhecem a importância de um sindicato de luta, na defesa da sua categoria. Com quase 30 dias de manifestações, paralisações e passeatas, o SINTE-PI mantém o movimento pelo reajuste salarial acordado junto ao Governo do Estado e o Tribunal de Justiça em março deste ano.

A CUT-PI esteve presente em fortalecimento a greve da educação, através do Presidente - Paulo Bezerra, da Vice-Presidente - Odeni de Jesus, Paulina Almeida - Sec. de Comunicação (Atual presidente do SINTE-PI), demais diretores(a).

"Chamamos a atenção dos trabalhadores da educação a continuar firme na luta, se as negociações não avançarem a greve deve durar mais e mais, clamamos a sociedade que abracem essa causa, porque essa luta diz respeito a todos(a), pois a educação pública e de qualidade é que o governo tem a obrigação de implementar, a Central Única dos Trabalhadores vem reforçando essa luta e defende a tese que enquanto não se cumprir a lei do piso a greve não deve acabar. O governo tem que assumir a sua responsabilidade de cumprir com seu compromisso com a educação, é preciso que se tenha um denominador comum para por fim a greve, só depende da boa vontade". Disse. Paulo Bezerra - Presidente da CUT-PI.

Paulina Almeida - Presidente do SINTE-PI: "Estamos em uma greve legal, a greve está forte pela luta da valorização salarial, o governador do estado tem feito vista grossa nessa situação da valorização dos profissionais da educação, certamente ele não entende que valorizar é também pagar um salário justo, oferecer a condição de trabalho digna, e oferecer uma merenda escolar justa, temos o apoio de Deus, da Justiça, da CUT-PI, e dos demais companheiros(a) nesse momento, e não abriremos mão dos direitos dos trabalhadores da educação, e a greve continua por tempo indeterminado". Concluiu.

A CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, também esteve presente durante a manifestação, e fortaleceu o total apoio a luta. Representada por Rosilene Correia: "Entendemos que a luta da educação do Piauí é de todos nós, não podemos permitir que a política do Piauí se atrele a política do governo golpista de Michel Temer, existe uma lei do piso nacional que não podemos abrir mão dela,e cumprir com essa lei é reconhecer a importância dos trabalhadores da educação, e a importância de uma educação pública de qualidade para toda a sociedade, parabéns a todos os trabalhadores da educação do Piauí, e ao SINTE-PI, por essa grande luta!". Rosilene Correia.

Uma audiência com representantes do governo do estado, e secretário de educação, aconteceu na quarta(4), no Palácio de Karnak.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Privatização Revista Popular Sindical FNDC

CUT PIAUÍ
Rua Riachuelo, 929 | Centro/Norte | CEP 64000-050 | Terezina | Piauí
Telefone: (86) 3223.0574 | Fax: (86) 3222.3100 | http://www.cut-pi.org.br/